9 de janeiro de 2017

CORREIOS deve abrir concurso em 2017, em todo o Brasil

Correios - Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT, estar com expectativa de abrir concurso em 2017 em todo o Brasil. A seleção terá oportunidades para cargo de carteiro e operador de triagem e transbordo (OTT), com exigência de nível médio, distribuídas em diversas Agências dos Correios e Centro de Distribuição (CDD).


O presidente dos Correios - Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT, Guilherme Campos, anunciou por meio de entrevista à Rádio CBN, que tem expectativa de abrir concurso público para cargo de carteiro e operador de triagem e transbordo (OTT), com oportunidades para cadastro reserva.

Os Correios, tem uma carência de 20.000 servidores. Este dado foi reconhecido pelo próprio órgão, segundo informações da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect).

A categoria vem pleiteando a realização do concurso dos Correios devido à grande defasagem de pessoal, que tem afetado a prestação de serviços da instituição. Nos últimos meses, a categoria entrou em greve diversas vezes e um dos itens reivindicados era exatamente a realização do concurso dos Correios, que ainda não tem uma previsão para ser realizado.

De acordo com o diretor do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Campinas e Região (Sintect/Cas), Mauro Aparecido Ramos, é necessário que seja aberto o mais rápido possível uma seleção. “Entre 2013 e 2014, por meio do processo de demissão voluntária, a ECT demitiu cerca de 7.000 funcionários em todo o país, sendo aproximadamente 400 na região de Campinas/SP", explicou o sindicalista, ao dizer que tais postos vagos ainda não foram preenchidos, pois o último concurso ocorreu em 2011.

No ano passado, a assessoria de imprensa divulgou que seriam abertas 2.000 vagas efetivas, além do cadastro reserva, em 11 Estados, incluindo São Paulo, mais o Distrito Federal. O edital apresentaria oportunidades para carteiro e operador de triagem e transbordo (OTT). Ambos os cargos exigem ensino médio completo.

Os salários iniciais são de R$ 1.284 para OTT, já incluindo a gratificação. No caso do carteiro, os vencimentos correspondem a R$ 1.620,50, se acrescentado o adicional de distribuição. Fora as remunerações, os admitidos recebem vale-alimentação/refeição na quantia de R$ 971,96 a R$ 1.092,48. Acrescentando o valor máximo do benefício, o rendimento das carreiras chega a R$ 2.376,48, para operador, e a R$ 2.712,98 para carteiro.

Como benefícios, os Correios oferecem, ainda, vale-transporte, auxílio-creche ou auxílio babá, além de adicionais (de acordo com o Plano de Cargos, Carreiras e Salários) e a possibilidade de adesão ao Plano de Previdência Complementar.

As oportunidades do concurso dos Correios seriam distribuídas pelos Estados do Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, além do Distrito Federal.

Os Correios lançaram, em 2011, um edital com 9.190 oportunidades distribuídas entre as carreiras de carteiro, atendente, operador de triagem e transbordo, analista de correios, médico do trabalho, auxiliar de enfermagem do trabalho, técnico em segurança do trabalho, analista de saúde, engenheiro de segurança do trabalho e enfermeiro do trabalho.

As vagas foram lotadas em todos os Estados brasileiros e as remunerações iniciais oscilaram entre R$ 1.003,57 e R$ 3.211,58, sem incluir os benefícios oferecidos pela instituição.

Organizado pelo Cespe/UnB, este processo seletivo dos Correios constou de provas objetivas compostas de 120 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos - divididas nos temas de língua portuguesa, inglês (para alguns cargos), informática e administração pública – e 70 de conhecimentos específicos.

Em breve edital Concurso dos Correios 2017.

Fonte: Jornal JC Concursos.

Postagens Recomendadas × +