13 de janeiro de 2017

Polícia Civil-SP: PC/SP confirma concurso para 4.438 vagas

A Polícia Civil-SP (PC/SP), no estado de São Paulo, confirmou a realização de concurso público para 4.438 vagas em diversos cargos para a carreira de atendente de necrotério policial, auxiliar de necropsia, desenhista técnico pericial e fotógrafo técnico pericial, com remuneração de até R$ 10.079.

A Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC-SP) já encaminhou um novo pedido para autorização de concurso público, para a contratação de 4.438 vagas para carreiras policiais, cursos de formação e aperfeiçoamento de servidores do Estado de São Paulo.

Do total de postos solicitados, 2.074 são para novo concurso PCSP, sendo 253 para cargos de nível médio e 1.821 para nível superior e 2.364 para remanescentes da Polícia Civil/SP.

Vagas e remunerações:

Para quem possui ensino médio, a solicitação de novos concursos é para as carreiras de fotógrafo técnico pericial (86 vagas), desenhista técnico pericial (40), atendente de necrotério policial (59) e auxiliar de necropsia (68). 

A remuneração inicial para o cargo de atendente de necrotério é de R$ 3.365, já considerando R$ 571,51 de adicional de insalubridade. Já nos casos de fotógrafo, desenhista e auxiliar de necropsia os vencimentos iniciais são de R$ 4.023,29, já com o complemento.

Para estas quatro carreiras, o pedido também conta 365 vagas para nomeações de aprovados nos últimos concursos, sendo 155 para fotógrafo, 23 para desenhista, 110 para atendente de necrotério e 77 para auxiliar de necropsia.

Já para os postos que exigem nível superior, as oportunidades estão divididas entre os cargos de investigador (1.012), escrivão (296), perito criminal (329), médico legista (104) e delegado de polícia (80). 

As remunerações iniciais são de R$ 4.171,49 para investigador e escrivão, R$ 8.538,49 para legista e perito e R$ 10.079,28 para delegado, já com o adicional.

No caso de cargos de nível superior, o pedido também conta com 1.999 vagas para nomeação de remanescentes, sendo 153 para delegado,140 para médico legista, 222 para perito criminal, 406 para investigador de polícia e 1.078 para escrivão de polícia.


LEIA MAIS A LEI ORGÂNICA DA POLÍCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO (PCSP).

Está tramitando na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) o projeto de lei complementar 37/2016, que pretende reestruturar o quadro de funcionários da Polícia Civil do Estado de São Paulo e reorganizar o número de policiais por unidade.

A principal mudança é a criação do cargo de agente de polícia, cargo que abrangeria as funções atuais de agente policial, agente de telecomunicações, papiloscopista, auxiliar de papiloscopista, atendente de necrotério, auxiliar de necropsia, fotógrafo técnico pericial e desenhista técnico pericial, reduzindo, assim, a quantidade de carreiras.

Independente da aprovação ou não do projeto de lei, é esperado que o concurso PC-SP seja liberado em breve. Caso seja aprovada, a lei complementar pode incluir o novo ofício de agente de polícia já no próximo concurso, o que poderia alterar a distribuição de vagas por cargos.

Após passar por diversas comissões, o próximo passo é que a proposta seja votada no Plenário.


Fonte: Jornal Central dos Concursos. 

Postagens Recomendadas × +