27 de novembro de 2017

Edital concurso Polícia Militar TO 2018 - Apostila da PM Tocantins



O edital concurso Polícia Militar TO 2018, poder divulgado nos próximos dias, com 1.000 cargos de soldados e 40 de oficiais da PM Tocantins. Os vencimentos pode passar de R$ 3.057,77, mais vale-alimentação. As inscrições do concurso PM-TO serão abertas em breve.

Prepare-se logo! apostila para o novo concurso da PM Tocantins 2018, para o cargo de Soldado PM, Soldado de 3 Classe, oficiais e Cadete da PMTO - Polícia Militar do Tocantis. Clique abaixo:
Apostila concurso da PM Tocantins 2018 - Soldado PM.

A Polícia Militar do Tocantins (PM - TO) deve definir nos próximos dias o processo licitatório que define a banca organizadora para realização de novo concurso público com mais de mil vagas para as carreiras de soldados pm e para oficial. Os cargos serão para os níveis médio e superior.

Conforme publicado no Diário Oficial do Estado, a AOCP foi a empresa melhor classificada na disputa. Caso não haja recursos, o órgão fará a homologação da licitação, para então iniciar os trâmites de assinatura de contrato com a instituição organizadora.

O governador do Estado do Tocantins, determinou realização de um novo concurso público da Polícia Militar TO, com 1.040 oportunidades, sendo 1.000 para o cargo de soldado e 40 para oficial (36), para homens e para mulheres. Com salários de até R$ 9,2 mil!

Há uma expectativa e de o edital concurso PM TO 2018 seja publicado ainda este ano, mas pode ser que fique para o início de 2018.


Detalhes do último concurso PM-TO edital 2013.

O último concurso da Polícia Militar/TO, foi realizado no ano de 2013, teve como banca responsável a Consulplan, e os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e discursivas realizadas nas cidades de Palmas, Araguaína, Gurupi, Arraias e Araguatins.

Saiba os requisitos para o Ingresso na PMTO.

O cargos de soldado requer ensino médio completo; idade entre 18 e 30 anos; altura mínima de 1,63m (homens) ou 1,60m (mulheres); além do cumprimento dos deveres militares, civis e eleitorais. Um requisito que deve passar a integrar a lista de exigências agora é a carteira nacional de habilitação no mínimo na categoria “B”.

Já a carreira de oficial, se destinará ao profissionais com certificado de ensino superior, emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Postagens Recomendadas × +