Apostila da PRF - Polícia Rodoviária Federal

Apostila da PRF - Polícia Rodoviária Federal
concurso da PRF 2018 - POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL

16 de junho de 2018

Brigada Militar-RS lança edital para PM temporário

Brigada divulga edital de concurso para PM temporário

Saiu nesta sexta-feira (15), edital concurso BM/RS para contratação de 800 (oitocentos) Soldados PM Temporários da Brigada Militar do Rio Grande do Sul. As inscrições do concurso podem ser realizadas até segunda (18) pelo site da BMRS, de forma gratuita.

Para participar do processo seletivo da Brigada Militar-RS, o candidato deve ter concluído o serviço militar obrigatório das Forças Armadas até cinco anos antes, e não ter sido punido pela prática de falta grave.

Concursos Abertos no Estado do Rio Grande do Sul


Para participar do concurso BM-RS, os interessados devem garantir participação a partir de hoje, 15, até o dia 19 de junho de 2018, exclusivamente via internet, por meio do endereço eletrônico https://www.brigadamilitar.rs.gov.br/. Não há taxa de inscrição.

Como forma de avaliar os inscritos, serão aplicadas as etapas de Prova Objetiva, prevista para o dia 21 de junho de 2018.

Processo seletivo SD PM Temporário BM-RS terá três etapas


O processo seletivo é composto por três etapas. No primeiro momento os candidatos são avaliados por prova objetiva, eliminatória e classificatória. A avaliação cobrará as disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, História e Legislação. A prova será aplicada na cidade de Porto Alegre.

A segunda é o exame de saúde, clínico e odontológico. Desta fase participarão todos os candidatos que tiverem suas inscrições homologadas e realizado a prova objetiva. Este exame tem caráter eliminatório e será realizado por uma Junta Policial Militar de Saúde Especial.

Já a terceira etapa consiste no teste físico. Serão convocados os candidatos que forem aptos na segunda etapa. Os participantes terão que realizar no mínimo:
  • 25 execuções de apoio de frente sobre o solo;
  • 35 abdominais em 60 (sessenta) segundos;
  • Percorrer 2.400 metros em 12 minutos.
  • Há também a fase considerada intermediária de investigação social. 

O curso de formação e as atividades de PM Temporário


Os candidatos aprovados em todas as etapas e no curso de habilitação serão convocados para o curso de formação. O curso terá duração de 400 horas/aula e será de caráter eliminatório.

Durante o curso de formação o soldado PM temporário deverá receber mensalmente um salário mínimo regional. No primeiro ano após o curso de formação receberá 75% do vencimento bruto inicial do soldado de carreira. No segundo e terceiro ano receberá 80% do vencimento bruto inicial do soldado de carreira. Em 2018, o vencimento básico da carreira é de R$3,7 mil.

A atividade de soldado PM Temporário tem por finalidade a execução de serviços internos, atividades administrativas e videomonitoramento, e, ainda, mediante convênio ou instrumento congênere, a guarda externa de estabelecimentos penais e a guarda de prédios do Poder Executivo, com o respectivo ressarcimento das despesas.

Os profissionais serão contratados pelo período de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos. Eles vinculam-se, obrigatoriamente, ao Regime Geral da Previdência Social, sujeitando-se, no que couber, às normas aplicáveis aos integrantes da Brigada Militar.

As contratações têm validade de dois anos, podendo ser prorrogadas.

Facebook